sábado, outubro 30, 2010

A Bíblia para os dias de hoje?!

Evangelho segundo S. Lucas 14,1.7-11.
Tendo entrado, a um sábado, em casa de um dos principais fariseus para comer uma refeição, todos o observavam. Observando como os convidados escolhiam os primeiros lugares, disse-lhes esta parábola: «Quando fores convidado para um banquete, não ocupes o primeiro lugar; não suceda que tenha sido convidado alguém mais digno do que tu, venha o que vos convidou, a ti e ao outro, e te diga: 'Cede o teu lugar a este.' Ficarias envergonhado e passarias a ocupar o último lugar. Mas, quando fores convidado, senta-te no último lugar; e assim, quando vier o que te convidou, há-de dizer-te: 'Amigo, vem mais para cima.' Então, isto será uma honra para ti, aos olhos de todos os que estiverem contigo à mesa. Porque todo aquele que se exalta será humilhado, e o que se humilha será exaltado.»
Da Bíblia Sagrada

3 comentários:

Maria Helena disse...

Querido professor,
A lição da humildade é uma das mais difíceis, porque o nosso ego faz pressão enorme para se prevalecer. Tebho lutado muito com o meu, procurando me levar pelas águas do self. Quem sabe um dia consigo minimizar esta entidade que reluta em ser a melhor. Um mês de muita luz!

disse...

Amigo Serrano,
Quem se humilha será exaltado. Que lição nos deixa esta parábola. Falta-nos a todos (pelo menos a mim) alguma pitada de humildade, ainda que não me considere orgulhoso ou queira protagonismo, de espécie alguma. Mas, se todos interiorizássemos as palavras sábias da Sagrada Escritura, seríamos melhores seres humanos e mais solidários.
Bonita reflexão. Um mérito muito especial: abordar temas que muitos cristãos se envergonham de sequer mencionar.
Um grande abraço fraterno.
Caldeira

António Serrano disse...

Queridos Amigos, Drª. Maria Helena e Prof. Caldeira,
A vossa presença amiga e a bondade dos vossos comentários ajudam-me a saltar da preguiça e do comodismo em que tendemos a cair, à medida que os anos avançam. Bem sei que escrevo com simplicidade, sem grandes predicados para a LP. Mas "quem faz o que pode, a mais não é obrigado".
Não me refiro, evidentemente, às transcrições da Bíblia... não podem nem devem ser corrigidas: são Palavras de vida eterna.
Paz e Luz!
Bem hajam.
Abraço os dois.